Postado em: 15/06/2021

Fiscalização contra a Covid interdita bares e piscinas de hotéis em Araxá

Assessoria de Comunicação da PMA

No último final de semana, dois bares e duas piscinas de dois hotéis em Araxá foram interditados durante a Fiscalização de Medidas de Prevenção ao Coronavírus. No caso dos bares, um estava funcionando além do horário permitido e outro havia consumo de bebida alcoólica no local. 

Conforme explica a coordenadora da equipe, Marcella Teodoro, a interdição das piscinas foi baseada no artigo 17 do Decreto Municipal 333, que permite o funcionamento de piscinas apenas de escolas de natação, mediante apresentação de protocolo de biossegurança previamente aprovado. “No caso de piscinas de uso público, como de hotéis e condomínios, essas devem ter uma faixa de isolamento”, explica. 

Tanto os proprietários dos bares quanto dos hotéis foram multados em 50 Unidades Fiscais da Prefeitura de Araxá (UFPAs), que equivale a R$ 2.693,50. 

Segundo levantamento, nos últimos sete dias a equipe de fiscalização atendeu 236 denúncias recebidas através do call center. Destas, 141 somente no final de semana. 

Entretanto, de acordo com Marcella, cerca de 30% dessas denúncias não procedem. “São casos de perturbação de sossego, em que famílias extrapolam no som, mas que não configura aglomeração, uma vez que trata-se de reunião com menos de nove pessoas entre os próprios moradores da casa”, explica. 

O Decreto Municipal 333 estipula que só são permitidas reuniões com até nove pessoas, desde que sejam do mesmo núcleo e convívio familiar. 

Outro caso que também chamou a atenção foi de uma pessoa positiva para coronavírus que estava circulando livremente na cidade. Neste caso, a equipe teve que acompanhar essa pessoa até a sua residência. “O mais difícil é a conscientização das pessoas. Porque de nada adianta nosso trabalho de fiscalizar se as pessoas não têm consciência”, lamenta.

 Fiscalização de hotéis 

Esta semana, a equipe de Fiscalização das Normas de Prevenção ao Coronavírus dá continuidade ao trabalho de inspeção em hotéis da cidade. O trabalho teve início no final de semana e estão sendo verificadas medidas de biossegurança como distanciamento de mesas, isolamento das piscinas (caso tenha) e ocupação de 50% da lotação desses estabelecimentos.

O telefone do Disk denúncia é o (34) 99257-1122.

 

Mais lidas